A FAPEU
NOTÍCIAS
Publicado em 19/07/2023 à 07:07:57
Por: Assessoria de Comunicação
Laboratório da UFSC faz estudo da rede de aeroportos catarinenses
LabTrans foi escolhido pelo governo de Santa Catarina para realizar diagnóstico e apontar diretrizes e metas para os aeródromos do Estado

O Laboratório de Transporte e Logística (LabTrans) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) recebeu o desafio de desenvolver o novo Plano Aeroviário de Santa Catarina (Paesc) com o objetivo de realizar estudos de passageiros, linhas aéreas e cargas em 17 aeródromos catarinenses da rede aeroviária estadual.

O projeto foi contratado pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Portos, Aeroportos e Ferrovias, e conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu) no desenvolvimento. “A Fapeu faz a mediação administrativa do contrato, que é tripartite entre UFSC, Fapeu e Estado”, explica Wellington Repette, coordenador do LabTrans.

Desenvolvimento

O Plano Aeroviário Estadual é o principal instrumento da política de desenvolvimento do Sistema Estadual de Aeroportos. Determina as diretrizes e metas fundamentais que devem ser seguidas e alcançadas para cada horizonte de planejamento estabelecido, bem como os recursos essenciais para o pleno desenvolvimento da infraestrutura aeroportuária. O principal objetivo do Paesc é promover o desenvolvimento eficiente e harmônico da infraestrutura aeroviária do Estado de Santa Catarina.

A última versão do Paesc é do ano de 1989 e seu horizonte de planejamento previa ações até o ano de 2008. A atualização do Plano Aeroviário Estadual compreende a redefinição das metas de desenvolvimento de curto (cinco anos), médio (10 anos) e longo prazo (20 anos) para as unidades componentes da nova Rede Estadual de Aeroportos, incorporando as diretrizes da legislação aeroportuária e ambiental em vigor.

Ações

A partir do diagnóstico da operação aeroportuária atual, com execução de inventário de infraestrutura e dos negócios aeroportuários, será efetuada uma análise socioeconômica para subsidiar a atualização das projeções de demanda (passageiros, carga, aeronaves). Para, então, serem definidas e apontadas ações para o desenvolvimento da rede estadual de aeroportos.

“No desenvolvimento do novo Paesc será realizado o diagnóstico da operação aeroportuária atual com a elaboração de inventário da infraestrutura dos negócios aeroportuários e análise socioeconômica dos municípios e regiões dos aeródromos”, destaca Wellington Repette. “Esses dados principais possibilitarão a atualização das projeções de demandas de passageiros, cargas e aeronaves para então serem definidas e apontadas as ações para o desenvolvimento da rede de aeroportos do Estado”, observa o coordenador do LabTrans.

Passageiros

Nos dez anos pré-pandemia (2010-2019), Santa Catarina apresentou o maior crescimento na movimentação de passageiros entre todos os estados brasileiros, avançando aproximadamente 5,5% ao ano. Para comparação, no mesmo período, o aumento no país foi de 2,5% ao ano.

O sistema estadual de aeroportos de Santa Catarina tem atualmente 21 aeroportos, sendo 17 de responsabilidade do governo do Estado e quatro administrados pela iniciativa privada (Florianópolis, Navegantes, Chapecó e Joinville), que são atualmente os de maior movimentação. Em 2022, cerca de 6,2 milhões de passageiros utilizaram os 21 aeroportos e mais de 11,5 milhões de toneladas de cargas foram movimentadas.

Estrutura

“Temos que melhorar a utilização dos aeroportos, garantindo a vinda de mais empresas aéreas e de mais voos comerciais e domésticos”, destacou o governador Jorginho Mello na solenidade de assinatura do contrato. Realizado em julho de 2023 na sede da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), o ato também contou com a presença do reitor da UFSC, Irineu Manoel de Souza; da vice-governadora, Marilisa Boehm; do presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar; do secretário de Portos, Aeroportos e Ferrovias, Beto Martins, além de secretários de Estado, autoridades políticas e empresários.

“O Paesc vai ser um divisor de águas para o setor aéreo catarinense. Com este estudo, nós vamos saber com melhor exatidão quais as demandas e qual o nosso real potencial de crescimento do setor. Vamos poder estabelecer prioridades nos investimentos e abrir um diálogo com as empresas de aviação para a ampliação da malha aeroviária”, observou o secretário Beto Martins na ocasião.

“Com a atualização do Paesc, será possível reavaliar a estrutura e classificação da rede, orientando, deste modo, a elaboração de políticas públicas voltadas para o sistema estadual de aeroportos”, destaca o coordenador. “A participação da UFSC neste projeto mostra mais uma vez a importância da universidade para o desenvolvimento de Santa Catarina”, ressalta o reitor Irineu Manoel de Souza. A previsão é de que o trabalho seja realizado no prazo de nove meses

Experiência

Criado em 1998, o LabTrans desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão. Realiza estudos e projetos nas áreas de engenharia de tráfego, intermodalidade e multimodalidade, logística, sistemas de transporte urbano, aéreo, ferroviário, aquaviário e rodoviário.

Entre outras atuações, a equipe de pesquisadores catarinense trabalhou no apoio à elaboração do Plano Aeroviário Nacional 2018-2038. Também na área do transporte aéreo, o LabTrans fez a revisão e atualização do Plano Aeroviário do Estado do Paraná e, junto à Secretaria Nacional de Aviação Civil, participou de duas cooperações técnicas para a realização de estudos e projetos visando ao planejamento do setor.

Fotos: Roberto Zacarias / Secom

PROJETO: COOPERAÇÃO TÉCNICA PARA O APOIO NA ATUALIZAÇÃO DO PLANO AEROVIÁRIO ESTADUAL (PAESC) / COORDENADOR: Wellington Repette / wellington.repette@ufsc.br / UFSC / Departamento de Engenharia Civil / CTC

Últimas Notícias
Veja mais notícias da categoria >>
Veja outras notícias >>

Endereço: Rua Delfino Conti, s/nº , Campus Universitário Reitor João David Ferreira Lima, Bairro Trindade
Florianópolis/SC - CEP 88040-370 - Tel: (48)3331-7400. contato@fapeu.org.br
Correspondências e encomendas, entregues pelos Correios, enviar para a Caixa Postal 5078 - CEP 88035-972.
CNPJ: 83.476.911/0001-17 - Inscrição Estadual: ISENTO - Inscrição Municipal: 61.274-0
Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h
Copyright© FAPEU - Todos os Direitos Reservados

. .